quarta-feira, 3 de junho de 2009

PERDÃO, A PRÁTICA DA GRAÇA

Por, Matias Borba:

"Antes, sede uns para com os outros benignos, misericórdiosos, perdoando-vos uns aos outros, como também Deus vos perdoou em Cristo. Ef. 4. 32"

Este tema de fato é até certo ponto um texto difícil de ser cumprido, não deveria ser pois a Bíblia diz que o Amor de Deus está derramado em nossos corações, mas nem sempre todos podem sentir e praticar este Amor derramado.

A falta de perdão nunca estará patente aos nossos olhos, pois você nunca encontrará alguma pessoa dizendo "eu não consigo perdoar" ou "tenho muita dificuldade em perdoar" e voltar a falar com aquela pessoa, isso é algo muito sério mas infelizmente as pessoas deixam-se enganar mas não assumem suas limitações.

A prática de perdão é algo difícil, perdoar alguém que nos passou a perna, que nos agrediu física e verbalmente, perdoar alguém que nos decepcionou magoou ou nos traiu é algo que vai contra nossa natureza humana, pois seres humanos são egoístas em sua natureza pecaminosa desde a queda de Adão.Apenas uma atitude de coragem, rompendo com toda diferença, magoa e tristeza e com a ajuda de Deus podem nos ajudar a praticar o perdão.

A Bíblia nos fala de uma parábola contada por Jesus que mostra um contraste enorme envolvendo uma mesma pessoa que foi perdoada mas que não quis perdoar, nesta parábola podemos ver Amor, Graça, perdão, mas também podemos ver a falta destes três elementos que provém de Deus.Na parábola do credor incompassivo (Mt. 18. 23), Jesus nos conta a história de um certo homem que foi acertar suas contas com seus servos, entre um deles, havia um que lhe devia uma enorme quantia de talentos, para ser exato, dez mil talentos.

Se formos analisar o valor de um talento na moeda da época, veremos que um talento grego em moeda romana custava, 240 aurei, e revertido para os dias atuais, cada talento valia, 960.00 dólares, se formos multiplicar por dez mil o valor ultrapassaria a casa dos milhões em nossa moeda brasileira.A dívida deste homem era absurda, imperdoável, com uma divída tão alta, só restava aquele senhor aprisionar seu servo para que pagasse com a pena e foi o que decidiu fazer.

Mas o servo daquele homem começou a implorar, clamar por misericórdia pedindo-lhe que lhe desse tempo para poder quitar seu débito. O senhor daquele homem ficou com o coração cheio de compaixão e decidiu perdoar toda aquela absurda dívida, TODA A DÍVIDA!Aquele servo saiu dali nas alturas, parecia que tinha ganho um prêmio milionário afinal, não é todo dia que alguém perdoa uma dívida tão absurda assim.

Na alegria deste homem só lhe faltou uma coisa, aprender com o exemplo. Ele infelizmente não soube aprender com a bondade do seu senhor, ao invéz de repassar toda aquela compaixão ele fez pior.Este homem encontrou-se com seu co-servo, o mesmo lhe devia alguns miseros trocados se comparado a sua antiga dívida já perdoada, encostou seu co-servo na parede e exigiu o pagamento da dívida, miseros cem denários (equivalente a alguns centavos de dólar atualmente), seu co-servo agiu de forma semelhante a ele, implorou, clamou por misericórida para que seu senhor lhe desse tempo para pagar-lhe sua dívida, mas, seu senhor, que a pouco tempo havia sido perdoado por senhor fez diferente, foi taxativo, o entregou aos cobradores para ser atormentado, o mandou encarcerar o pobre homem por falta de pagamento.

Isso nos mostra como o ser humano é egoísta na maioria das vezes, mesmo sendo perdoado de uma dívida bem maior, foi mais fácil mandar prender o seu servo do que lhe perdoar uma pequena dívida. Como Resultado disso, o senhor deste homem mal sabendo do que este fizera, o mandou prender pois não havia agido de igual forma com seu co-servo."Perdoa as nossas ofensas assim como temos perdoado..." Será que nós, que devemos revelar a Luz de Cristo ao mundo, estamos de fato sabendo como perdoar nosso próximo seja ele quem for da forma que Jesus nos ensinou?

Em dez anos como Cristão já vi e ainda vejo Cristãos que se declaram abertamente que amam a Deus intrigados com pessoas, Pastores que não se falam por problemas ministériais e tudo por conta de espaço, poder, dinheiro etc.Muitas vezes vemos pais que não perdoam os filhos, filhos que odeiam os pais, irmãos que desejam a morte uns dos outros e tantos e tantos casos de falta de perdão. Que Evangelho é este que o homem não se prédispõe a perdoar? Que Cristianismo é este onde as pessoas se maqueiam por tráz de um " A Paz do Senhor irmãos!" ou "Graça e Paz irmãos!" e por tráz disso está um coração cheio e mágoas, rancores, ódio?

Queridos, eu sei o quanto é difícil perdoar, entendo como é difícil perdoar um filho que bateu no próprio pai e mãe, perdoar algum marginal que nos assaltou e nos ameaçou de morte, ou perdoar alguém que nos traiu. Até meu próprio pai precisei perdoar por todas atrocidades que fez comigo, sei como é duro perdoar uma traição, entendo isso, mas o único caminho para o alívio de uma alma sofrida, amargurada, depressiva é o perdão. Quem perdoa, antes de fazer um bem a outro o faz para si mesmo e ás vezes nem sabe disso.

Só o perdão pode tirar de nossa alma o mais doloroso sofrimento, só o perdão pode nos trazer Paz em em meio a mágoa, decepção e frustração.Você já perdoou alguém que machucou seu coração? Já perdoou uma dívida de alguém que muitas vezes apenas não pode mais cumprir seus compromissos apenas porque ficou desempregado? Já pensou nisso?Apenas com o Amor de Deus em nossos corações é que poderemos perdoar, precisamos perdoar até aqueles que nos julgam por conta de nossos problemas, pois estes nada mais são que pessoas ignorantes que não sabem como lidar com os problemas dos outros.

Vivemos hoje em uma época que ninguém preocupa-se com a dor do seu próximo e por isso, quem sofre, sofre sozinho e ainda é julgado por seus problemas, mas até esses devemos perdoar.O perdão nos traz paz e alegria, experimente perdoar, pois talvez este seja o fator que sua alma precisa para se libertar de tudo o que lhe aprisiona. Perdoe, perdoe e perdoe, esse é o caminho, duro e aparentemente injusto, mas fazendo assim certamente estarás cumprido o ide de Cristo, estarás cumprindo o Amor de Deus neste mundo.

Em Cristo, Matias Borba!

4 comentários:

Danuza Morais disse...

Bênçaõ esta palavra querido! traz luz e esperança aos corações... Deus continue te usando!

Matias Borba disse...

A Paz Danuza!

Obrigado pela visita, que o Senhor possa fortalecê-la cada vez mais.

Deus abençoe!

Anônimo disse...

Estelita Lima Recife

Parabéns pela mensagem muito boa e importante.Hoje nos nossos dias tem ficado mais escarso o perdão.Mais creio que DEUS irar ajudar aqueles que sentem dificuldade,apesar que depende de cada um de nos pedimos a ele.xau fica na paz

Matias Borba disse...

Olá, minha amiga Esther,

Perdoar nunca foi nem será fácil, isso requer tempo em muitos casos pois ninguém perdoa alguém de uma hora pra outra.

Isso as vezes depende do nível de magoa gerada, mas Deus sempre irá nos ajudar nesses momentos difíceis, precisamos entender as pessoas que tem dificuldade em perdoar pois isso é difícil memso.

Deus te abençoe!